Detox oferece riscos

Detox oferece riscos

Dezembro 4, 2019 Não Por admin

Saúde do intestino

Quando há um desequilíbrio no trabalho das bactérias intestinal, processo conhecido como disbiose, todas as funções do órgão ficam comprometidas.

Má alimentação, dieta pobre em fibras, vitaminas e antioxidantes além de estresse e baixa ingestão de água estão entre as principais causas deste problema.

Detox intestinal

Considerando a importância desse órgão para o nosso corpo, o detox intestinal consiste em uma limpeza no intestino realizada com o consumo de alimentos que facilitam a eliminação de toxinas por meio das fezes.

detox

detox

Por quanto tempo fazer?

Nutricionistas afirmam que a dieta deve ser feita em intervalos mensais longos, como de seis em seis meses, às vezes quatro em quatro, para dar tempo de o organismo se recompor.

Benefícios

O detox Moder diet consegue eliminar as toxinas do órgão e, com “intestino limpo”, há melhores benefícios para quem inicia uma nova dieta.

Riscos

Por seu efeito laxativo, o detox oferece riscos à saúde que devem ser considerados e consultados com um especialista. O procedimento pode levar à perda de nutrientes durante o processo de eliminação de fezes.

Pode ocorrer uma diarreia muito grande, o que provoca um quadro de desnutrição, ainda conforme a especialista, o processo de eliminação de água pelas fezes pode levar o corpo à desidratação.

Além disso, esse tipo de detox  slim pode sobrecarregar o trabalho dos rins e oferecer o efeito rebote ao trabalho dos intestinos, piorando os quadros intestinais.

Contraindicação

Pessoas com problemas intestinais, hemorroidas, gordura no fígado e problemas no estômago, além de idosos, crianças, gestantes e lactantes não devem realizar esse detox.

Aguá de coco

Poderoso antioxidante, a água de coco combate os radicais livres e tem um alto potencial hidratante, o que estimula o funcionamento dos rins.

A água de coco contém uma composição de minerais que satisfaz as necessidades do organismo quando é necessária uma reidratação. “Além disso, o coco também possui vitaminas A, B1, B2 e B5, que atuam na desinflamação.”

Limão

“Por possuir vitamina C, ácido cítrico e uma substância chamada d-limoneno, esses frutos estimulam o funcionamento do fígado e a expulsão das toxinas”.

Durante a desintoxicação, recomenda-se um copo de água com suco de meio limão em jejum, pela manhã, para limpar o organismo. “No entanto, essa prática não é recomendada para quem tem úlceras ou gastrite, pois pode piorar o quadro.